A Imperatriz: saiba o que é real e ficção na série baseada na … – Marcia Travessoni

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3222 0801
[email protected]
[email protected]
7 out 2022 | Entretenimento
Por Tainã Maciel
Apesar das liberdades artísticas em algumas ocasiões, o objetivo dos produtores está focado na maior precisão histórica possível
O novo drama histórico da Netflix, “A Imperatriz“, foi lançado em 29 de setembro e já ocupou as paradas do serviço de streaming. Se você é fã de “Bridgerton” e “The Crown“, essa é a série perfeita para matar a saudade. A produção alemã se concentra na história de Elisabeth von Wittelsbach, ou Sissi como era conhecida, que foi a primeira “celebridade” da monarquia de um país europeu – muito antes de Diana – ao se casar com o imperador da Áustria Franz Joseph. Saiba o que real e ficção em “A Imperatriz”.
LEIA MAIS >> Recomeço: minissérie da Netflix é inspirada em história real
‘Uma Garota de Muita Sorte’: novo filme da Netflix retrata uma história real?
Apesar das liberdades artísticas em algumas ocasiões, o objetivo dos produtores está focado na maior precisão histórica possível, de acordo com The Cinemaholic. Eles não modificaram a linha do tempo ou os eventos da história para criar um arco narrativo mais dramático. No entanto, o espetáculo é chamado de “interpretação verídica”, e algumas situações e conversas foram imaginadas ao desenvolver as complexas relações entre os personagens.
A verdadeira Elisabeth von Wittelsbach nasceu na casa real da Baviera de Wittelsbach em 24 de dezembro de 1837. A rebelde real, apelidada de “Sissi” ou “Sisi”, teve uma educação informal onde os pais a encorajavam a explorar o campo e desfrutar de atividades criativas. Ela foi descrita como uma pessoa de mente livre.
LEIA TAMBÉM >> ‘The Crown’ irá mostrar o acidente da Princesa Diana?
Os dois primeiros episódios da série se concentram no encantamento entre Sissi e Franz Joseph I e relatam um noivado complicado. Franz Joseph foi originalmente prometido à irmã mais velha de Sissi, Helene. Mas, quando as duas famílias passaram um fim de semana juntas, foi a princesa bávara mais jovem, de 15 anos, que chamou a atenção do imperador. Depois de alguns momentos roubados, eles anunciam seu noivado, para desgosto de Helene.
Na história real, Helene era de fato a noiva pretendida original de Franz Joseph. A princesa Ludovika, mãe de Sissi, era irmã da mãe de Franz, a arquiduquesa Sofia – ou seja, Sissi e Franz eram primos. As duas mulheres decidiram casar seus filhos para garantir a estabilidade da dinastia dos Habsburgos. Piedosa e recatada, a filha mais velha de 18 anos era vista como a escolha ideal para uma esposa real e as rígidas exigências da corte dos Habsburgos. Embora se dizia que ela tinha uma falha: sempre estava atrasada.
A família bávara então viajou para a grande casa real de Bad Ischl para se encontrar. No entanto, uma de das carruagens com baús nunca chegou. Vestida com roupas de luto devido à morte de um familiar recente, as duas meninas foram obrigadas a usar preto. Foi uma escolha infeliz de guarda-roupa para Helene. Ela não era loira, como mostra o programa, mas tinha cabelos castanhos escuros – e o vestido de luto “fez a garota morena alta parecer ainda mais severa”, de acordo com “The Imperial Style: Fashions of the Habsburg Era“, de Polly Cone.
Sissi, no entanto, era uma loira com uma tonalidade de cabelo mais escura, o que significa que a cor combinava melhor com a garota de 15 anos. “Franz Joseph conheceu seus primos no chá da tarde. Desde o primeiro momento ele se interessou apenas pela pequena Elisabeth, que estava sentada à mesa, sem suspeitar e sem vergonha”, escreve Cone. O noivado foi anunciado do campo. Relatos dizem que Sissi ficou surpresa e um pouco envergonhada com toda a provação, enquanto Helene caiu em depressão.
A família de Sissi tentou prepará-la para a vida dos Habsburgos. Eles a vestiram com roupas novas e a ensinaram em assuntos como línguas estrangeiras e história. No entanto, nada poderia tê-la preparado para a vida intensa, rigorosa e isolada que estava diante dela. Enquanto milhares lotavam as ruas para o dia do casamento e ela chorou na carruagem de vidro, impressionada com o futuro.
Elisabeth não era fã da vida formal na corte de Viena que o casamento exigia. Ela achava a vida real chata e muitas vezes se rebelava contra as normas. Ela era um tópico comum de fofoca graças aos hábitos de fumar, andar de bicicleta e fazer exercícios vigorosos como ginástica. No entanto, Elisabeth era amada pelas pessoas comuns e era uma figura popular durante toda a vida adulta.
Ela era idolatrada pela beleza e famosa pelos regimes laboriosos e “misturas” antienvelhecimento. De fato, Elisabeth era obcecada pela aparência, passando horas todos os dias arrumando o cabelo muito longo e se exercitando para manter a cintura de 19 polegadas. É comum pensar que a imperatriz sofria de um distúrbio alimentar.
Elisabeth deu à luz três filhas e um filho. A primeira filha, Sophie, nasceu em 1855, mas morreu na infância. Ela então deu à luz outra filha, Gisela, seguida por seu filho, Rudolf, e uma terceira filha, Marie Valerie. Rudolf também viveu uma vida curta e morreu por um aparente suicídio com a amante em 1889. Ele tinha apenas 30 anos na época.
A mãe de Franz, a arquiduquesa Sophie, estava muito envolvida na educação dos netos e muitas vezes tomava conta dos filhos de Sissi. E fiel à série, Elisabeth realmente teve um relacionamento bastante conturbado com a sogra.
Sissi foi a Imperatriz da Áustria entre os anos 1854 até 1898, ano de sua morte. Elisabeth foi esfaqueada por um anarquista italiano chamado Luigi Lucheni enquanto viajava para a Suíça. Ela morreu do ataque em 10 de setembro de 1898, aos 60 anos.
Elisabeth já foi retratada de várias formas na mídia. A atriz Vicky Krieps deve interpretar Elisabeth em “Corsage”, um filme de 2022 que estreia em dezembro. A produção se concentra na relação de Elisabeth com a beleza e o medo de envelhecer.
Esta não é a primeira vez que ela é lembrada pela aparência na cultura pop. Em 1955, Romy Schneider interpretou Elisabeth no filme alemão “Sissi” , que se concentra principalmente na beleza da Imperatriz e a vida amorosa.
Assista ao trailer de “A Imperatriz”, da Netflix:
Lifestyle, negócios, beleza, bem-estar, moda e entretenimento. A Plataforma Márcia Travessoni tem a proposta de ser um canal de mensagens verdadeiras, positivas e relevantes, colocando a sociedade cearense como protagonista no universo digital.
Assine e receba toda semana a curadoria de conteúdos da Plataforma Márcia Travessoni

Copyright © 2022 Márcia Travessoni.
Todos os direitos reservados.
Centurion Business Center
Av. Des. Moreira, 760, Meireles, 10º andar,
sala 1014 – 60170-000, Fortaleza, CE
[email protected]
Telefone: +55 (85) 3222 0801
[email protected]
[email protected]
Assine e receba toda semana a curadoria de conteúdos da Plataforma Márcia Travessoni

source

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *